terça-feira, 22 de novembro de 2016

SENADOR SÁ | 'A UNIÃO FAZ A FORÇA'! : CEMITÉRIO CRISTO RESSUSCITADO ESTÁ QUASE PRONTO.

Cemitério recebendo a benção
Com o slogan, A morte é o que morre dentro de nós enquanto vivemos, Maria Gomes Vasconcelos, a popular Zélia Gomes, iniciou em março de 2016 a campanha de ampliação e revitalização do cemitério municipal. O cemitério que já estar quase pronto, recebeu no último dia 02, (dia dos finados) a benção, dada pelo pároco, Pe. Raimundo Nonato Bastos.

Dia "D" da compra do Terreno
O cemitério municipal de Senador Sá que não tem data de construção definida, ultimamente vinha enfrentando problemas de superlotação, no jargão popular, ‘estavam enterrando uns em cima dos outros’, por este motivo, a campanha teve grande aceitação comunitária e rapidamente arrecadou o dinheiro para aquisição do terreno, que custou 25 mil reais. 
Assinatura do documento do terreno
Em seguida foi feito a limpeza e terraplanagem do área que fica localizado anexo ao atual campo santo. Em seguida iniciou-se uma segunda campanha de arrecadação de material, tijolos, pedras, britas, ferros, etc. Em seguida veio os mutirões de mão de obra, pedreiro, serventes de pedreiro, etc. “as pessoas ajudaram como podiam, uns davam o dinheiro da diária, outros vinham, outros pagavam alguém para vir, outros davam merenda, bolo, enfim uma coisa bonita” disse a mentora da campanha.

Segundo a idealizadora, a necessidade era vista por todos, tanto que para a compra do terreno, a maioria das doações foram de R$ 1.000,00. Conta também, que o senhor Jose Osmar proprietário das terras ao redor do cemitério (atual), ajudou muito, segundo ela, a compra inicial seria de 50x50, graças a benevolência do mesmo, que também entrou na campanha, foi possível adquirir uma área de 64x70, equivalente a 4.480m², pelo mesmo valor. Ainda segundo ela, esta área será dividida igualmente.
Conforme dona Zélia, ao afinal do projeto será feito uma placa que será fixada no local, discriminando cada doador com a respetiva colaboração.
Após construído a nova estrutura ela deverá ser unificada ao antigo campo-santo formando uma só necrópole.
No momento, ainda falta o reboco dos muros e alguns detalhes. QUEM QUISER AJUDAR PROCURE A SENHORA ZÉLIA GOMES, OU, O SENHOR GARCIA RODRIGUES, toda ajuda será bem-vinda.

EM TEMPO:
Quando foi feito o atual cemitério ninguém sabe informar com precisão, porém, sabemos que ele já era o segundo em nossa história e foi construído também na época que éramos ainda Pitombeiras. O primeiro ainda conserva belas tumbas, deterioradas pelo tempo e pela mata, como pode ser visto na foto, porém é impossível identificar os nomes das pessoas lá sepultadas, sabemos apenas que foi o primeiro a receber os mortos dessa região, quando pitombeiras era apenas um arraial.
O antigo cemitério, fica dentro do mato em frente a Cohab do boi na brasa, também nas terras do senhor Jose Osmar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é seu, pode comentar!