terça-feira, 24 de janeiro de 2017

QUASE A METADE DOS PROFESSORES DO CEARÁ NÃO TÊM FORMAÇÃO NA MATÉRIA QUE ENSINAM.

Levantamento aponta que 46% dos docentes do ensino médio em todo o país dão aula sem graduação na área.
Dados do Censo Escolar de 2015 e tabulados pelo Movimento Todos Pela Educação, apontam que 46% dos professores do ensino médio no Ceará dão aulas de disciplinas para as quais não tem formação específica. O problema atinge redes públicas e escolas privadas e é mais grave em algumas matérias, como física, informa a edição da última segunda-feira (23) da Folha de S. Paulo.

Dos 494 mil docentes que trabalham no ensino médio, 228 mil (46,3%) atuam em pelo menos uma disciplina para a qual não tem formação. O número de professores com formação adequada em todas as aulas dadas representa 53,7% do total.
Quase um terço (32,3) só dá aulas em matérias para as quais não tem formação específica. Outros 14% se desdobram entre a área em que são titulados e outras para as quais não são habilitados.
REFORMA DO ENSINO MÉDIO
Segundo a Folha, o cenário apresentado pode representar um desafio para a diversificação prevista na reforma do ensino médio, em tramitação no Congresso Nacional por medida provisória. Pela reforma proposta, as redes e escolas terão que criar linhas de aprofundamento por área de conhecimento.

Os alunos deverão escolher a área de interesse (entre Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens, Matemática e ensino técnico). Essa parte flexível deve responder por 40% da grade.

VEJA ABAIXO ARTE PUBLICADA NA FOLHA DE S.PAULO:


via CearáNews7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é seu, pode comentar!