sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

MUNICÍPIO SEM PREFEITO | VICE PREFEITO DE MARTINÓPOLE RENUNCIA.

O vice-prefeito de Martinopole, José Jessé de Sousa Castro, que assumir o posto de gestor maior do município, no último dia 13, renunciou ao posto de prefeito. A informação foi dada pelo mesmo nesta sexta-feira (16) em entrevista à rádio liberdade FM, de Camocim.

Segundo Jessé Castro, que estava acompanhado do advogado, todas as contas da prefeitura estão praticamente zeradas, o município ficou sucateado. Jessé disse em entrevista, que foi até os bancos, verificar as situações das contas, “não tem como se pagar nem um remédio, ou uma ambulância pá rodar’ ‘a frota de veículos da prefeitura não dar de rodar de jeito nenhum, pneus tirados, baterias tiradas, carros barruados, quebrado [..] ficou tudo sucateado”. Completo o renunciante.
Segundo Jessé, para mover os veículos próprios para junto da prefeitura tiveram de pedir baterias emprestadas.
O advogado Dr. Jorge Umbelino, disse que a operação anti desmonte estava certa, foi constatado ausência de licitação, indícios de fraude, desvio de dinheiro público e muito mais. O advogado disse ainda que renunciar foi o melhor a fazer, pois o mandato do mesmo já começaria em ruinas, “os saldos das contas são insuficientes arcar com as obrigações do município, tem salários atrasados, o inss está bloqueando contas, enfim, um município ingovernável.
O mesmo disse ainda que com a renúncia deve assumir o posto de prefeito, o presidente da câmara, no entanto o mesmo acredita e orienta, que a mesa diretora da câmara também renuncie. Com a renúncia da mesa, assumirá o município, o juiz da referida comarca, que segundo advogado, poderá nomear, outro para gerir o município.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é seu, pode comentar!