quinta-feira, 6 de julho de 2017

SECRETÁRIA DE SAÚDE MOSTRA EM NÚMERO O QUE O SENADORSAENSE JÁ ESTÁ VENDO E SENTINDO NA PRÁTICA.

A secretária municipal de Saúde de Senador Sá, Jeovania Albuquerque, publicou em suas redes sociais nesta semana, um gráfico comparativo do período de janeiro a junho de 2016 com o mesmo período de 2017, onde é exposto os avanços no combate ao Aedes Aegypti.
Como pode ser visto no gráfico acima, no ano de 2016, foram notificadas 394 pessoas ao todo, sendo destas, 118 com suspeitas de Dengue, 237 com suspeita de Chikungunya e 39 com suspeita de Zika.
Neste ano (2017) até o mês de junho, de acordo com o gráfico, apenas 53 pessoas haviam procurado a unidade apresentando sintomas que levantaram suspeitas de doenças transmitidas pelo Aedes. Destes, 6 apresentaram sintomas de Dengue e 47 de Chikungunya e nenhuma pessoa (graças a Deus) apresentou sintoma de Zika.
Isso mostra que as ações iniciadas no dia 23 de fevereiro, com a audiência pública para traçar estratégias de combate ao mosquito, deram frutos. Foram mutirões, disponibilização de lebistes, de telas e muita informação ao povo. Além de ações de combate mais intensificadas em áreas críticas.
Já é perceptível a melhora, nos anos anteriores era visível as filas no hospital municipal de pessoas com sintomas de Dengue, Zika e Chikungunya, nesse período. Neste ano, a diferença foi na estratégia, que focou principalmente na parte preventiva e informativa agindo no problema com antecedência. E és que deu certo, bastando agora manter o foco.
É preciso também parabenizar além da secretária, os agentes de endemias, os agente comunitários, os coordenadores, os técnicos, enfim, todos os envolvidos neste trabalho.

Parabéns à equipe de Saúde de Senador Sá, a população agradece, agora é manter o pique para que tenhamos num futuro índice zero de mosquito, novamente parabéns!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é seu, pode comentar!