quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

CAPITÃO DEFENDE PALANQUE ABERTO, MAS TASSO VETA APOIO A BOLSONARO

Não houve convite para o deputado Capitão Wagner (PR) ser candidato a governador da frente de oposição a Camilo Santana (PT), mas a reunião da noite de segunda-feira (10) abordou a possibilidade. Foi no trato dessa questão que a reunião esquentou.

Motivo: se candidato, Wagner quer palanque aberto em relação à disputa presidencial. Ou seja, qualquer um poderá defender seu próprio candidato a presidente. O deputado sugeriu que o deputado federal Cabo Sabino, por exemplo, defenderia a candidatura de Jair Bolsonaro.
Resposta imediata de Tasso Jereissati: “De maneira nenhuma. Se isso (pedir votos para Bolsonaro) ocorrer, desço imediatamente do palanque”. Assunto encerrado.


(Via Sobral Em Revista)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é seu, pode comentar!