terça-feira, 13 de dezembro de 2016

JUSTIÇA AFASTA PREFEITO DE MARTINÓPOLE

O ministério público por meio de seu promotor de justiça interpôs uma ação cautelar de afastamento preparatória de ação civil pública contra o senhor James Martins pereira barros, prefeito de Martinopole, Luiz Airton Rodrigues, secretário da fazendo e o senhor Aderaldo da rocha, secretário de educação.

A ação cautelar envolve várias denúncias como: irregularidades no fornecimento de combustíveis, denúncias estas que se juntaram de forma paralela a fiscalização realizado pelo tribunal de contas do município nos dias 9, 10, 11 de novembro do corrente ano.
O tcm constatou várias irregularidades em todos os setores da administração do município. Segundo o tcm os servidores públicos estavam tentando maquiar uma situação no qual era evidente o abandono por parte da administração pública.
Segundo relato do tcm o secretário de financias não entregou ao órgão fiscalizador documentos contendo o real endividamento com a CAGECE, prejudicando assim, apuração dos fatos.
O ministério público ainda em sua denúncia para reforçar seu pedido de afastamento do gestor municipal defende que a manutenção do mesmo no cargo de prefeito prejudica de forma significativa as conclusões obtidas pelo órgão fiscalizador. Diante disso, o ministério público pediu o afastamento tendo em vista a necessária instrução processual.
Sendo assim o ministério público pediu o imediato afastamento dos senhores James Martins pereira barros, Luiz Airton júnior e Aderaldo da Rocha, fazendo com que até o dia 31 de dezembro do corrente ano fazendo que enquanto seu afastamento perdurar assuma o vice prefeito do município. Oficiando assim o cartório da vigésima quinta zona eleitoral de Granja.
Diante do pedido do órgão do ministério público o senhor excelentíssimo senhor juiz de direito Fabio Medeiros de Andrade falcão acatou o pedido de afastamento liminar do prefeito James Martins pereira barros, James Bel.


Via Impacto Granja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço é seu, pode comentar!